Bio

 

 

AUTODIDATA QUE NASCEU NO DIA DA MÚSICA

Lucas é cantor de 6 idiomas, compositor, guitarrista e multi-instrumentista gaúcho, nasceu em 22 de novembro de 1980 em Caxias do Sul-RS. Começou como autodidata tornando-se profissional da música aos 18 anos, a partir daí buscou sua formação acadêmica e tornou-se produtor artístico, arranjador, performer, educador e regente.

 

GUERREIRO DO AMOR E DA EMPATIA

Acreditando no poder de sensibilização da arte e da música e consciente de sua responsabilidade social, Lucas expressa seus pensamentos em seus projetos e composições, e busca dessa forma fazer a sua parte para o desenvolvimento de uma sociedade mais igualitária e pacífica.

 

                                                  ARTISTA EDUCADOR INCLUSIVO

Nessa jornada como educador criou escola e deu aulas por mais de 10 anos, formando dezenas de profissionais da música em nível técnico e encaminhando outros tantos à graduação. Criou e atuou no projeto Luz dos Olhos, de cantoterapia para deficientes visuais e o Espaço das Artes, escola e estúdio.

 

VISIONÁRIO DA VERSATILIDADE

Para suas performances e regência, criou o Sexteto Tempero Brasil, Jazz/Mpb e música instrumental autoral; a banda Nêga Frida, samba/rock/soul, e o grupo Vocal em Cena, grupo vocal cênico que canta Mpb, Latinidades e Folk.

 

 

NASCE UM ARTISTA CONTEMPORÂNEO

Em 2011 teve um divisor de águas na sua carreira quando estreou na arte colaborativa com a composição e regência da obra Coro de Queixas, baseada no conceito da dupla de artistas Kochta-Kalleinen, e que foi projeto destaque da 8a Bienal do Mercosul de Arte Contemporânea, Porto Alegre-RS.

 

ARTE CONCEITUAL COLABORATIVA E INCLUSIVA

Em 2016 criou, mediou e performou sua primeira obra conceitual colaborativa e inclusiva, chamada Marcha Cega, no Vale do Taquari-RS e que teve sua segunda edição na Baixada Santista-SP em 2017.

 

EXPERIÊNCIA INTERNACIONAL

Outro ponto marcante na sua carreira foi quando excursionou pela Europa e América em 2012, 2013, 2014, 2015 e 2016, como intérprete e diretor de diferentes grupos e projetos, apresentando música popular brasileira, música instrumental e canto coral. Performou com esses projetos em festivais, universidades, escolas de arte, espaços culturais, bares, clubes de jazz e pelas ruas, nos 16 países por onde passou.

 

COMPOSITOR PREMIADO

Foram nesses anos também que recebeu suas maiores premiações em nível regional e nacional nos festivais de música autoral que participou, o que trouxe a grande motivação para iniciar em 2016 o maior projeto, seu primeiro disco de música autoral.

 

PURA VIDA

Pura Vida, uma produção internacional com 12 faixas, que possui entre elas, sua 3a obra conceitual colaborativa, a Canção dos Sonhos, composição contendo trechos com gravações de 20 sonhos de pessoas de 15 nacionalidades.

 

UM DISCO CHEIO DE GENTE

Com a participação de mais de 50 pessoas em todo o processo do disco, Pura Vida foi gravado em Porto Alegre, Nashville, Havana e São Paulo e conta com artistas premiados, sendo um deles, vencedor do Grammy Latino de 2017.

 

TRILÍNGUE

Com versões em 3 idiomas, Pura Vida será lançado em novembro, nos formatos pen drive, CD e LP, e é composto ainda por um livro com fotos, histórias das canções, letras e cifras.

 

FINANCIAMENTO COLETIVO

O projeto será finalizado e distribuído através de um financiamento coletivo.

 

CENA ATUAL E DESEJOS EXPLÍCITOS

Atuando em oficinas, shows, concertos didáticos e performances, Lucas viaja pelo Brasil e encontra-se com maior frequência nos estados do RS, SC e SP, onde reside. A expectativa para 2019 é de excursionar com o projeto Pura Vida e com a performance Marcha Cega, por centros culturais, festivais e feiras literárias do Brasil e do exterior, divulgando sua obra e suas mensagens.